Você sabe passar precisamente o seu QTH? Conheça o Grid Square

 
Todos nós sabemos o que o código QTH significa, correto? Mas não custa lembrar que QTH não significa APENAS “a casa do radioamador”, mas sim, a sua localização no momento, caso esteja móvel. Por isso, não faz sentido falar em “QTH da sogra” ou “QTH religioso”, a menos que a sogra seja radioamadora (hi hi hi) ou que o radioamador seja pastor, padre ou outro líder religioso!
Dito isto, e brincadeiras à parte, como se faz para passar a sua localização precisa, caso algum colega queira apontar a antena para você? Principalmente se o colega residir noutro país, ou não conheça a sua região?
Existem muitas formas de se localizar algo no globo terrestre. Uma delas é a latitude/longitude. Porém, seria muito complicado dizer pelo rádio algo como “Amigo, eu estou agora na latitude 7.2079116 sul, longitude 35.9097593 oeste”. Por isso, os radioamadores utilizam um sistema próprio, muito mais prático e fácil de ser passado via rádio. É o chamado “GRID LOCATOR” “GRID SQUARE”.
Este sistema consiste em um código, normalmente composto por 6 caracteres, que representa uma localização bastante precisa de qualquer ponto do globo, sem recorrer a essa imensa sequência de números que é a latitude/longitude.
Funciona assim. O globo terrestre foi dividido em retângulos iguais denominados “squares”. Cada retângulo destes, ou grid square, mede um grau de latitude por dois graus de longitude, que correspondem a aproximadamente a uma medida de 113 km x 160 km. Um grid square é indicado através de duas letras maiúsculas seguidas de dois algarismos.
Para maior precisão ele pode ser dividido em retângulos menores que medem 2,5 minutos de latitude por 5 minutos de longitude, correspondendo grosseiramente a um retângulo de 4,8 km por 6,5 km. Os subretângulos são designados por duas letras minúsculas colocadas após os algarismos na indicação do square.
Os dois primeiros caracteres do GRID são os mostrados acima. Vemos que a Paraíba e o Rio Grande do Norte se encontras quase totalmente no grid HI
Por exemplo, o grid HI22 é um retângulo que engloba uma boa parte da Paraíba. Já para localizar a cidade de Campina Grande, precisamos de mais duas letras, correspondendo ao grid HI22bs, como podemos ver nas imagens abaixo:
Localização da Paraíba utilizando o grid HI22
Localização de Campina Grande utilizando o grid HI22bs.
Desta forma, subdividindo novamente, podemos ter uma localização mais precisa ainda, podendo chegar a uma precisão que indique, por exemplo, uma casa, ou uma rua específica. Porém, para uso dentro do radioamadorismo, isto não é necessário e assim normalmente só passamos o grid com no máximo seis caracteres, como no caso acima, HI22bs.
É fácil saber seu grid. Há sites na internet onde é possível localizar num mapa onde está seu QTH e o site lhe retorna o grid: http://k7fry.com/grid/. Há também um aplicativo que é ainda mais fácil, pois usando o GPS do celular, ele lhe diz o grid precisamente:
Basta clicar na imagem acima ou buscar por “Grid Square Locator” na Play Store do seu celular. Uma vez obtido o seu grid, você pode utilizá-lo sempre que precisar indicar aonde está. Além disso, os grids são também usados para conseguir prêmios, ou para utilização em concursos. Por exemplo, quem conseguir contato em VHF ou UHF com radioamadores que estejam em 100 grids diferentes, pode requerer junto à ARRL o prêmio VUCC, que premia exatamente a conquista destes 100 grids diferentes.
Fonte:  QTC falado da Labre DF, edição 41.
YouTube
YouTube
Instagram